Arquivo do Autor

Ambiental Paraná firma compromisso com cultura de segurança da Aegea

Postado por [email protected] em 17/abr/2024 -

Diretores, colaboradores e terceirizados assinam carta-compromisso simbolizando a preocupação com o tema

Segurança em todas as atividades é um compromisso das unidades da Aegea. Nesta quarta-feira (17), os colaboradores, terceirizados e diretores da Ambiental Paraná realizaram a assinatura de uma carta, estabelecendo o comprometimento com a conduta adequada e o correto comportamento voltado à segurança no trabalho.

“O objetivo é que todos os colaboradores estejam engajados e envolvidos com esse tema, que é importante em todas as áreas, seja a administrativa ou a operação. A segurança é primordial e seguindo as diretrizes do grupo Aegea, construiremos uma empresa ainda mais forte, segura, próspera e livre de acidentes”, afirma a diretora presidente da unidade, Bruna Buldrini.

Durante o evento, foi apresentada a campanha “10 Regras de Ouro” da Aegea, que aborda as determinações do grupo que devem ser seguidas por todos os colaboradores. “A segurança tem que ser nosso compromisso diário, quando saímos de casa. Eu costumo dizer que segurança é algo que a gente não negocia. A gente cuida da saúde das pessoas e a saúde dos nossos colaboradores é de extrema importância”, ressalta o diretor executivo da Ambiental Paraná, Rafael Fendrich.

Essa ação faz parte do Programa Interage que, entre as suas atividades, visa estabelecer padronização de procedimentos voltados a defender políticas ambientais e de segurança ocupacional, bem como garantir locais de trabalho mais saudáveis e seguros.

Veja fotos do evento:

Texto: Silvia Chandoha

Ambiental Paraná e Sanepar oficializam começo da operação da PPP

Postado por [email protected] em 29/jan/2024 - Sem Comentários

Por meio do Ordem de Início de Operação, assinada junto à Sanepar, em Curitiba, a Ambiental Paraná assumiu, na sexta-feira (26), a prestação dos serviços de esgotamento sanitário em 16 municípios da microrregião Centro-Litoral do Paraná, pelos próximos 24 anos.

A oficialização formaliza a transferência operacional e das estruturas dos sistemas de coleta e tratamento de esgoto, que a partir de agora serão de responsabilidade da Ambiental Paraná, sob fiscalização da Sanepar.

Durante 90 dias, após a assinatura do contrato, os colaboradores da empresa do grupo Aegea acompanharam as atividades relacionadas à operação, então desempenhadas pela Sanepar, que envolvem a coleta e tratamento de esgoto nas cidades atendidas, no período considerado como operação assistida.

Para a diretora presidente da Ambiental Paraná, Bruna Buldrini, estruturar e preparar a empresa para esse momento foi um grande aprendizado. “Assumir a operação nessas cidades é uma responsabilidade muito grande. A Sanepar tem sido uma grande parceira desde a nossa chegada, contribuindo para a construção dessa nova fase, que tem como principal objetivo acelerar as obras de esgotamento sanitário na região, para atender as metas previstas no Marco Legal do Saneamento”, afirma.

O diretor executivo da Ambiental Paraná, Rafael Fendrich, aponta que a mobilização e capacitação das equipes foram primordiais para o cumprimento do prazo do início de operação. “Nós assinamos o contrato em um período que envolvia o final de ano e fizemos uma força-tarefa junto à Sanepar para que conseguíssemos atender os requisitos necessários para iniciarmos nossa operação. Nossas equipes estão em campo em diversas áreas, trabalhando de maneira conjunta para atender o contrato e a população”, ressalta. A Ambiental Paraná vai investir R$1,1 bilhão em obras de infraestrutura e melhorias no sistema de esgotamento sanitário durante os 24 anos nas cidades de Adrianópolis, Almirante Tamandaré, Bocaiúva do Sul, Campo do Tenente, Campo Largo, Cerro Azul, Contenda, Fazenda Rio Grande, Guaratuba, Mandirituba, Morretes, Rio Branco do Sul, Piên, Quitandinha, Rio Negro e Tijucas do Sul. Mais de mil quilômetros de redes, 180 elevatórias e 12 estações de tratamento de esgoto serão executadas, atendendo um total de mais de 600 mil pessoas.

Texto: Silvia Chandoha

Contribuições premiadas em 2023 que fazem o saneamento evoluir

Postado por [email protected] em 22/jan/2024 - Sem Comentários

Investimentos em pessoas, em tecnologias e novos processos que resultam em maior eficiência operacional para que os serviços de água e esgoto cheguem a um número maior de brasileiros.

Tudo feito a partir de um propósito e uma cultura que envolve os colaboradores e demais stakeholders para que a prosperidade compartilhada seja mais um dos benefícios do saneamento. É assim que a Aegea tem movimentado vidas.

Em 2023, a retrospectiva dos reconhecimentos e premiações mostra também que as contribuições da empresa fizeram o saneamento evoluir no país, com ampliação do acesso e melhorias nos processos e serviços. Confira as principais premiações da Aegea no ano que passou.

Guardiões pelo Clima e pela Água durante a COP28

Aegea venceu o 1º Prêmio Guardiões pela Água com o case “Vem com a Gente (VCG) – Água e Saneamento aos que mais precisam”. O reconhecimento de boas práticas foi promovido pelo Pacto Global da ONU no Brasil, durante a COP28.

O principal objetivo é dar reconhecimento e destaque para as empresas comprometidas com os Movimentos Ambição Net Zero e +Água que apresentaram ações, iniciativas e projetos notáveis na mitigação das mudanças climáticas, aceleração do saneamento básico e resiliência hídrica.

Os movimentos fazem parte da estratégia Ambição 2030, para impulsionar os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) da Agenda 2030 da ONU. A premiação foi dividida em duas categorias: Segurança Hídrica e Acesso à Água e Saneamento, na qual o case da Aegea foi reconhecido.

Uma das premissas da companhia é o olhar para a ampliação do acesso a serviços de saneamento básico, em especial para pessoas em situação de vulnerabilidade social, em linha com os compromissos do Movimento +Água, do qual a empresa é Embaixadora.


Ranking da Exame: Melhor do ESG e Empresa do Ano em seu setor

A Aegea foi a vencedora do Melhores do ESG e eleita a Empresa do Ano na categoria Saneamento e Meio Ambiente no ranking da Exame. É o principal guia ESG do país, que seleciona empresas que são referências em sustentabilidade, responsabilidade social e governança corporativa.

Para a Aegea, a chegada do saneamento em uma localidade representa também acesso à saúde e dignidade para as famílias – é um legado positivo da atuação da empresa, tanto do ponto de vista ambiental quanto socioeconômico, sempre alinhado aos princípios ESG.

Radamés Casseb reconhecido como Executivo de Valor

O anuário publicado pelo Valor Econômico, que destacou os profissionais da alta gestão em 19 setores da economia, escolheu o CEO da Aegea, Radamés Casseb, como um dos executivos do ano de 2023 na categoria Infraestrutura.

O processo envolveu importantes empresas de seleção e recrutamento do país que fazem parte da principal associação global de empresas de consultoria e busca de executivos e desenvolvimento de lideranças, a The Association of Executive Search and Leadership Consultants (Aesc).

A votação, secreta e em dois turnos, levou em conta o desempenho do executivo na gestão de suas empresas. Entre os critérios adotados pelos jurados estão: identificação de oportunidades de inovação e crescimento; imagem da empresa; cotação e reputação do profissional no mercado; versatilidade e capacidade de adaptação do executivo a setores e empresas.

ESG Industry Top-Rated

A Aegea foi a única empresa de saneamento das Américas a figurar na lista das que são referência em ESG no setor de utilities, a ESG Industry Top-Rated 2023 da Sustainalytics. A organização do grupo Morningstar, eleita a melhor provedora de rating ESG no Insight Awards de 2022, avalia mais de 15 mil companhias em escala mundial de 42 setores. Em dezembro, a empresa foi listada novamente, leia na matéria a seguir.

Aegea é Top 5 entre as 150 mais inovadoras

A Aegea conquistou reconhecimento do anuário Valor Inovação Brasil 2023 como a quarta empresa mais inovadora na categoria Infraestrutura. Além de ser Top 5, avançou 37 posições e figura em 88º lugar no ranking das 150 empresas mais inovadoras do Brasil.

O Prêmio Valor Inovação Brasil é realizado pelo jornal Valor Econômico e a Strategy&, consultoria estratégica da PwC. Reconhece as empresas mais inovadoras do país e os líderes setoriais de 25 categorias da economia brasileira.

Segundo a empresa, a cultura de inovação é parte da estratégia da Aegea, um movimento incentivado pela liderança e que permeia todas as áreas da empresa. Os valores fundamentais da companhia, como colaboração e evolução contínua, são a base para a criação de um ambiente interno propício à inovação.

A empresa incentiva seus colaboradores a inovar e um dos caminhos é o Prêmio Aegea de Inovação 2023, realizado no final do ano passado. Os vencedores foram divulgados em 20 de dezembro.

Época Negócios 360°

A Aegea foi reconhecida, pelo terceiro ano consecutivo, como a melhor empresa na categoria Água e Saneamento pelo anuário Época Negócios 360°. A premiação, uma das mais importantes no país, reconhece as empresas mais relevantes em 24 setores.

O Época Negócios 360°, promovido pela revista Época Negócios em parceria com a Fundação Dom Cabral, é uma iniciativa que celebra a excelência empresarial e a sustentabilidade no Brasil. Em sua 12ª edição, a premiação contou com a participação de 410 empresas de diversos setores.

O anuário é elaborado a partir de um extenso levantamento de dados realizado ao longo de oito meses, com avaliações sobre responsabilidade social, governança corporativa, inovação, gestão de pessoas, além de sustentabilidade e eficiência no setor.

A empresa no Valor 1000

Aegea ficou na 252ª posição no Valor 1000 – ranking 2023. A companhia subiu 10 posições em relação ao ranking anterior. O anuário traz indicadores exclusivos de avaliação e ranking das 1000 maiores companhias do país por receita líquida.

Elaborado segundo critérios homologados pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas, com a chancela da Serasa Experian, parceiras na publicação, Valor 1000 consolidou-se ao longo de sua trajetória como valioso instrumento para consulta e análise.

Pelo segundo ano seguido, a escolha das melhores em cada setor também contou com a avaliação das suas práticas ESG, reforçando o compromisso do anuário com a forma como as melhores empresas lidam com os diversos fatores sociais, ambientais e de governança nas suas decisões de negócio.

Renovação do Selo Ouro do Programa Brasileiro GHG Protocol

Pelo segundo ano consecutivo, a Aegea recebeu o mais alto nível de certificação do Programa Brasileiro GHG Protocol. A plataforma é uma adaptação do método GHG Protocol ao contexto brasileiro, e é a principal plataforma de registros públicos de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE).

O Selo Ouro do PBGHG certifica o inventário corporativo pelo alcance do mais alto nível de qualificação e por contribuir para o fornecimento de dados de emissões públicas e de qualidade para a sociedade através do Registro Público de Emissões.

Foi desenvolvido em 2008 pelo FGVces, o Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV, e WRI (World Resources Institute), em parceria com o World Business Council for Sustainable Development (WBSCD), o Ministério do Meio Ambiente, o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e outras 27 empresas.

A certificação tem como objetivo fortalecer a cultura corporativa de inventário de emissões no Brasil, como parte de uma agenda de combate às mudanças climáticas nas organizações.

Trata Brasil reconhece Casos de Sucesso & ESG

Realizado pelo Instituto Trata Brasil, o prêmio visa homenagear as empresas que possuem as melhores iniciativas que contribuíram com o avanço em saneamento básico por todo o país.

Em 2023, na sétima edição, reconheceu as empresas que se destacaram por sua atuação nos pilares ESG – Ambiental, Social e Governança.

A Aegea venceu na categoria Melhores Casos ESG no Pilar Social, por conta do Programa Respeito Dá o Tom. Durante o evento, realizado na tarde de 9 de agosto na FGV/SP, os representantes das empresas apresentaram e debateram as iniciativas que levaram ao reconhecimento.


Quality Assessment do IIA Brasil

A empresa está entre as 30 que, desde 2013, receberam a certificação Quality Assessment do Instituto dos Auditores Internos do Brasil (IIA Brasil). O selo atesta que a companhia cumpriu os mais elevados padrões em auditoria interna.

Para a certificação são analisados aspectos como a conformidade dessa função na empresa, as normas definidas na Estrutura Internacional de Práticas Profissionais (sigla IPPF, em inglês) e outros regulamentos que afetam a profissão.

Selo Gupy: empresa que dá feedback

O RH da Aegea foi reconhecido por devolver feedbacks a mais de 90% das pessoas que se candidatam pela Gupy Recrutamento & Seleção. Está entre as 1.257 empresas que mais dão retornos aos seus colaboradores para quem utiliza a plataforma e recebeu o Selo Empresa que dá Feedback, da Gupy, plataforma de RH.

Ambiental Paraná:  nova unidade da Aegea

Postado por [email protected] em 01/nov/2023 -

Com a assinatura do contrato entre a Aegea e a Companhia de Saneamento do Paraná, a Sanepar, para prestação dos serviços de esgotamento sanitário, mais de 600 mil pessoas serão beneficiadas.

A nova Parceria Público-Privada (PPP), chamada Ambiental Paraná, vai atuar em 16 municípios da microrregião do Centro-Litoral do Paraná, para prestação dos serviços de esgotamento sanitário. 

Serão executadas obras de infraestrutura, melhorias, manutenção e operação, com a previsão de investimentos de cerca de R$ 1,1 bilhão nos 24 anos de contrato. Os serviços contemplam coleta, transporte, tratamento e disposição final do esgotamento sanitário.

União de forças entre os setores público e privado 

A assinatura é resultado da vitória da companhia no leilão realizado em julho deste ano, por meio do veículo de investimento Sanco S.A., no qual detém 75% do capital social. 

“Para a Aegea é uma honra iniciar uma operação no Paraná. Com essa entrada, estamos presentes agora em 14 estados do Brasil, levando nosso modelo de negócios e expertise necessária para transformação do saneamento para municípios de todos os portes em todas as regiões do Brasil. A união de forças entre os setores público e privado é essencial para atingirmos as metas estabelecidas pelo marco regulatório. Temos a certeza de que nossas iniciativas vão levar mais saúde, dignidade e prosperidade para a população paranaense”, afirma Radamés Casseb, CEO da Aegea.

Ambiental Paraná nasce alinhada aos princípios ESG

Com a Ambiental Paraná, a companhia passa a operar em 505 municípios, agregando expertise e diferentes modelos de contrato para atender a mais de 31 milhões de pessoas. “A PPP com a Sanepar reafirma a capacidade da Aegea de atuar como gestora em saneamento, com eficiência operacional, disciplina financeira e alinhamento aos princípios da agenda ESG”, destaca Casseb. 

Para Radamés, a solução para levar saneamento a todos os brasileiros passa pela complementaridade e atuação integrada entre o poder público e o setor privado.  Com um crescimento sustentável, a companhia saltou de seis municípios atendidos em 2010 para 505 em 2023. 

Nesse mesmo ano, a empresa ampliou sua atuação em mais uma frente do saneamento com a gestão dos resíduos sólidos urbanos, reforçando o compromisso com a sustentabilidade e com ações que geram impacto positivo para a população, principalmente a mais vulnerável, e o meio ambiente.

Texto: Lucas Nogueira

Aegea vence licitação da Sanepar para PPP e vai atuar em mais estado

Postado por [email protected] em 20/out/2023 - Sem Comentários

A Aegea conquistou, por meio do veículo de investimento Sanco S.A., no qual detém 75% do capital social, a disputa da Concorrência Internacional de número 100 de 2023. 

O leilão promovido pela Sanepar, a Companhia de Saneamento do Paraná, no dia 14 de julho na sede da B3 (SP), prevê a prestação de serviços em esgoto em 16 municípios da microrregião do Centro-Litoral do Paraná. 

Mais de 600 mil pessoas serão beneficiadas pela nova Parceria Público-Privada (PPP). Estão previstos cerca de R$ 950 milhões em investimentos para universalização dos serviços de esgoto. 

Cerca de R$ 1,1 bilhão em 24 anos de contrato

A nova unidade de negócio da Aegea contempla coleta, transporte, tratamento e disposição final do esgotamento sanitário em 16 cidades da microrregião, para o atendimento das metas do Novo Marco do Saneamento. 

A companhia irá promover a execução de obras de infraestrutura, melhorias, manutenção e operação, e prevê investimentos de cerca de R$ 1,1 bilhão nos 24 anos de contrato.

CEO da Aegea, Radamés Casseb, disse que a vitória vem de encontro à visão da companhia. “Queremos continuar investindo e contribuindo com a universalização do saneamento no Brasil”, disse.

Aegea passa a atender a mais de 31 milhões de pessoas 

Com a vitória, a companhia passará a operar em mais de 500 municípios de 14 estados, agregando expertise a diferentes modelos de contrato para atender a mais de 31 milhões de pessoas. 

“A PPP com a Sanepar reafirma a capacidade da Aegea como gestora em saneamento, com eficiência operacional, investimentos responsáveis e alinhamento aos princípios da agenda ESG”, destaca o CEO.

Segundo ele, parte da solução para levar saneamento a todos os brasileiros passa pela complementaridade e atuação integrada entre o poder público e o setor privado.

Texto: Lucas Nogueira

Outubro Rosa: veja as dicas para você se cuidar

Postado por [email protected] em 20/out/2023 - Sem Comentários

Outubro se tornou conhecido mundialmente como o mês marcado por campanhas e ações para mostrar a importância da prevenção e, assim, aumentar o acesso aos serviços de diagnóstico que contribuem para a redução da mortalidade. 

Apesar disso, os dados sobre o câncer de mama continuam preocupantes. É o que mais acomete mulheres, no Brasil e no mundo. A Aegea participa ativamente das campanhas e oferece, por meio de convênio médico, uma rede de apoio e cuidados aos seus colaboradores. 

Para ajudar na divulgação de informações que podem fortalecer as recomendações sobre prevenção e diagnóstico precoce, o Aegea Blog conversou com o médico do trabalho da Aegea, Flávio Tocci Moreira. Veja a entrevista e as dicas de cuidados.

Qual o panorama do câncer de mama no mundo?

O câncer de mama é o tipo que mais acomete mulheres em todo o mundo, tanto em países em desenvolvimento quanto em países desenvolvidos. Cerca de 2,3 milhões de casos novos foram estimados para o ano de 2020 em todo o mundo, o que representa cerca de 24,5% de todos os tipos de neoplasias diagnosticadas nas mulheres. As taxas de incidência variam entre as diferentes regiões do planeta, com as maiores taxas nos países desenvolvidos.

Como está a situação no Brasil?

Para o Brasil, foram estimados 73.610 casos novos de câncer de mama em 2023, com um risco estimado de 66,54 casos a cada 100 mil mulheres. O câncer de mama também ocupa a primeira posição em mortalidade por câncer entre as mulheres no Brasil, com taxa de mortalidade ajustada por idade, pela população mundial, para 2021, de 11,71/100 mil (18.139 óbitos). As maiores taxas de incidência e de mortalidade estão nas regiões Sul e Sudeste do Brasil.

Como é possível prevenir?

Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis. Um dos mais importantes é a prática de atividade física e, para isso, os exercícios podem ser adequados ao ritmo de vida de cada pessoa. É válido desde uma caminhada diária até a rotina de academias. Manter o peso corporal adequado também importa. Evitar o consumo de bebidas alcoólicas. A amamentação, tão importante para a saúde do bebê, também ajuda na prevenção do câncer de mama da mãe.

Como reconhecer os primeiros sinais?

Os principais sinais e sintomas suspeitos de câncer de mama são: caroço (nódulo), geralmente endurecido, fixo e indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja, alterações no bico do peito (mamilo) e saída espontânea de líquido de um dos mamilos. Também podem aparecer pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços (axilas). No caso de suspeita, é importante agendar consulta com o seu médico ginecologista. 

Quando devem ser realizados os exames?

O principal exame utilizado no rastreamento é a mamografia, que, segundo a recomendação do Ministério da Saúde, deve ser realizado por mulheres entre 50 a 69 anos a cada 2 anos. No entanto, seu médico irá avaliar o seu histórico pessoal e familiar e orientar a melhor rotina de rastreamento. Quanto antes a detecção do câncer de mama, maiores as chances de cura. Mas uma série de fatores vão ser avaliados pelo seu médico ginecologista ou oncologista para determinar o melhor tratamento.

Texto: Rosiney Bigattão e Vanussa Costa

Aegea assina Movimento Transparência 100% na sede da ONU

Postado por [email protected] em 20/out/2023 - Sem Comentários

Texto: Rosiney Bigattão

Em um dos grandes eventos sobre as ações das empresas brasileiras para o desenvolvimento sustentável, o SDGs in Brazil, a Aegea reafirmou seu compromisso com a sustentabilidade do planeta. O evento da Rede Brasil do Pacto Global foi realizado na sede da ONU, em Nova York. 

Entre empresários, cientistas e formadores de opinião reunidos para debater os desafios dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os ODS, ou SDGs, em inglês, foi feita a assinatura simbólica de adesão aos movimentos da Ambição 2030, que pretende acelerar o atingimento das metas. 

Sete movimentos por um planeta mais sustentável para todos

Ao todo, são sete movimentos. Na sede da ONU, a Aegea reafirmou o compromisso com o Movimento Transparência 100%, que havia sido feito por meio de carta-compromisso, assinada pelo CEO Radamés Casseb, em 11 de setembro, no Brasil. 

Quem assinou simbolicamente o compromisso com o Movimento Transparência 100%, durante o SDGs in Brazil, foram o presidente do Instituto Aegea, Édison Carlos, e Claudia Piunti, diretora Administrativa da empresa.

A Diretoria de Integridade é a representante da Aegea na Plataforma Anticorrupção e segue responsável pela gestão da pasta do movimento junto ao Pacto Global. As metas já estão pré-definidas, mas a cronologia e prazos de cada meta são definidos pela empresa, ao aderir ao movimento.

Empresa 100% transparente

As metas do Movimento Transparência 100% são: 

– 100% de transparência das interações com a Administração Pública.

– 100% de remuneração íntegra da alta administração.

– 100% da cadeia de valor de alto risco treinada em integridade.

– 100% de transparência da estrutura de compliance e governança.

– 100% de transparência sobre os canais de denúncias.

O objetivo da Rede Brasil do Pacto Global é que uma meta seja alcançada até 2023, duas até 2025, três metas atingidas até 2027 e cinco até 2030.

Aegea pronta para mais um desafio

“Somos certificados na ISO 37001 do Sistema de Gestão Antissuborno e atuantes na Plataforma Anticorrupção, considero que a adesão ao Movimento Transparência 100% fortalece ainda mais o nosso compromisso em atuarmos com ética e integridade na condução do nosso negócio”, diz Deise Silva, especialista de Integridade.

Segundo ela, as metas trazem novas oportunidades de amadurecimento para toda a empresa. “Vamos trabalhar em conjunto com outras áreas de negócio internas, buscando a melhor forma para atingir as metas e também para reportar as informações do que está sendo feito. É uma oportunidade de amadurecimento dos nossos processos e controles alinhados, agora, com um movimento que conta com a participação de grandes empresas do mercado. Estamos muito empolgados!”, completou Deise.

Movimento + Água

Os movimentos foram criados para endereçar as principais questões enfrentadas hoje no país e convidar empresas a se conectarem e movimentarem ações conjuntas pelo Brasil.

Em 25 de abril de 2022, a Aegea assinou a carta compromisso do Movimento +Água, que engloba ações que reforçam a importância da ODS 6 – Água Potável e Saneamento.  

Se comprometeu com duas metas: 99% de pessoas com acesso à água potável segura até 2033 e 90% de esgoto coletado e tratado até 2033, em seus municípios de operação. 

A Aegea é Embaixadora do Movimento +Água e Édison Carlos, presidente do Instituto Aegea, é membro do Conselho Consultivo. O compromisso com a Rede Brasil do Pacto Global da ONU, a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do planeta.

Mais sobre a Rede Brasil do Pacto Global das Nações Unidas

Pacto Global das Nações Unidas foi criado em 2000,  pelo então Secretário Geral das Nações Unidas, Kofi Annan, e é uma convocação para que as empresas de todo o mundo alinhem suas operações e estratégias a dez princípios universais nas áreas de Direitos Humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção.

Lançado em 2000, ele orienta e apoia a comunidade empresarial global no avanço das metas e valores da ONU por meio de práticas corporativas responsáveis. Com mais de 21 mil participantes distribuídos em 65 redes locais, reúne 18 mil empresas e 3.800 organizações não-empresariais, com abrangência e engajamento em 162 países. 
Rede Brasil do Pacto Global tem mais de 50 projetos conduzidos no país que abrangem, principalmente, os temas: Água e Saneamento, Alimentos e Agricultura, Energia e Clima, Direitos Humanos e Trabalho, Anticorrupção, Engajamento e Comunicação.